Entender o Enpoint Security, o que é e como funciona é essencial para identificar sua importância dentro das organizações.

Em um cenário em que a proteção de sistemas é escalonada e sistematicamente acontece em etapas, o Endpoint pode ser considerado como a última barreira de defesa. 

Acompanhando o desenvolvimento das redes empresariais é possível notar a incorporação de uma quantidade sempre maior de dispositivos. Seja através de acessos e tráfego nas redes de modo presencial ou remoto, as medidas de segurança dessas terminações também precisam estar em constante avanço.

Isso porque, a crescente demanda e oferta por dispositivos cada vez mais modernos representa uma quantidade maior de acessos. Esses, por sua vez, criam armazenamentos de informações organizacionais em aparelhos que em pouco tempo se perdem, são clonados, roubados, invadidos…

Sempre que essa condição se repete os dados da empresa ficam sob ameaça. Uma forma de minimizar futuros problemas é instalar medidas protetivas nas redes empresariais e nos dispositivos que nele trafegam.

Entenda o que diferencia o Endpoint Security e a Segurança de Rede

De maneira simplificada o Endpoint Security faz a proteção dos dispositivos móveis de uma empresa. A Segurança de Rede, entretanto, abrange a proteção da rede de infraestrutura de TI, que opera internamente a ataques e ameaças diversas.

Apesar de terem objetivos diferentes os dois formatos protetivos são essenciais no esquema de segurança da organização. A realidade é que por mais adiável que pareça ser nunca se sabe quando esses mecanismos serão necessários.

Portanto, as empresas precisam aderi-los o quanto antes!

Fortinet e o Endpoint Security

Vale a ressalva, porém, que a segurança da rede depende que os pontos de extremidade (Endpoints) estejam seguros para que então a rede também esteja assegurada com maior efetividade.

Nesse sentido, a Fortinet dispõe da solução FortClient, a qual oferece recursos que atendem a proteção de rede e dos dispositivos contra ameaças e ataques hackers. Ela ainda ampara as necessidades das empresas no que confere aos ajustes para adquirirem conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Dentre as ações e mecanismos mais relevantes do produto FortClient destacam-se:

  • o gerenciamento, análise e bloqueio de ações e aplicativos não autorizados e que representam ameaça à rede empresarial;
  • suporte operacional original Fortnet Security Fabric (detectando e interrompendo ameaças emergenciais – permitindo que medidas sejam tomadas antecipadamente para evitar que dados sejam roubados ou alterados).

Por essa razão sua empresa não pode operar sem que o sistema de segurança de Endpoint esteja funcionando, oferecendo proteção aos seus dados, aos seus parceiros e clientes.

Para adotar essa solução em sua empresa solicite o quanto antes ao seu consultor Quality Technology a implementação da ferramenta em seu sistema de rede empresarial.