O cenário global estimula gestores a buscarem soluções para otimizar a gestão de Telecom. Uma administração efetiva na área melhora o lado produtivo dos sistemas operacionais, aumenta o faturamento e reduz custos.

Provavelmente você já deve ter vivenciado esse fato na sua carreira: Perceber que uma empresa não tem um profissional responsável por gerir Telecom.

Em muitos negócios, diversas partes da gestão Telecom são divididas entre outros setores administrativos. Às vezes gestores de outras áreas não têm mindset sintonizado ao core business, resultando em excessivos gastos de telecomunicação corporativa.

Mas, como fazer a melhor gestão Telecom que otimiza os recursos produtivos e o comando das despesas?

Há algumas etapas no caminho. A primeira é o conhecimento sobre a atual conjuntura mercadológica, os benefícios e as práticas iniciais da efetiva administração de telecomunicações. Descubra mais ao seguir a leitura.

O que é gestão de Telecom?

A gestão de Telecom é um conjunto de práticas administrativas para gerenciar ativos, tecnologias e pessoas. Essa administração mapeia o completo panorama dos gastos com a telecomunicação de uma companhia.

Identificar os gargalos e encontrar oportunidades de lucrar ou economizar, essas são típicas funções do gestor de Telecom. Constantemente, esse administrador avalia processos de telecomunicações como:

  • Dados móveis;
  • Internet banda larga;
  • Links de dados;
  • Links dedicados;
  • Telefonia corporativa de aparelhos fixos ou móveis.

A tecnologia viabiliza as gestões de Telecom simples e ágeis. Há recursos tecnológicos mais poderosos do que simples planilhas Excel. Essas soluções usam ML (Machine Learning) e IA (Inteligência Artificial) para:

  • Automatizar tarefas repetitivas como análises de extensos bancos de dados;
  • Centralizar informações;
  • Informar relatórios gerenciais com insights para reduzir custos de tempo ou dinheiro.

Basicamente, para alcançar uma efetiva gestão de Telecom, um gestor precisa usar tecnologias de gestão e tomar decisões, com base nos dados informados via soluções tecnológicas inteligentes.

O crescimento no setor e a necessidade da gestão de telecom

Mesmo durante crises econômicas mundiais, normalmente a diretoria mantém as metas para mais receitas e economia de custos.

Mas, gestores de TI experientes não sentem a pressão dos desafios, pois sabem que com soluções administrativas e tecnológicas de Telecom podem:

  • Aumentar o lucro;
  • Melhorar a rapidez e a qualidade operacional;
  • Reduzir os custos produtivos.

A Statista mostra que em 2021 os investimentos em serviços de Telecom devem ser superiores a R$ 1.4 trilhão. Ao comparar com 2020 o crescimento global anual é de 5%!

Dados da consultoria Teleco Brasil indicam que mais de 100 milhões de brasileiros usam 4G.

Telecom é responsável por aumentar para 46% o número de empresas nacionais que adotam home-office, desde o período inicial da pandemia – dados de 2020 publicados na Agência Brasil.

A Celtic demonstra que quase 79% das empresas nacionais usam ao menos um celular corporativo. O valor alcança 92% se considerar negócios com mais de 250 colaboradores. Essa mesma pesquisa diz que no Brasil, 97% da população acessa a internet.

É matemático. Na medida em que a telecomunicação cresce dentro ou fora do país e das empresas, mais demanda corporativa existe por uma eficiente administração de telecom.

Não administrar as telecomunicações como se deve resulta em prejuízos sérios:

  • Cobranças indevidas de serviços que a corporação não solicita realmente;
  • Desperdícios de ativos por descontrole do celular corporativo;
  • Dificuldade em compreender quais os planos mais vantajosos;
  • Erros nas interpretações de faturas ou contratos;
  • Excesso de gastos de tempo operacional em resoluções com operadoras e demais fornecedores;
  • Falta de controle das notas fiscais;
  • Interrupções inesperadas no atendimento;
  • Lentidão nos processos produtivos;
  • Pagamento de juros ou serviços cancelados por atraso de quitações;
  • Pouca capacidade de aproveitar o máximo que a tecnologia disponível pode oferecer;
  • Problemas generalizados em processos internos e no relacionamento com os clientes.

Quais são os benefícios da gestão de Telecom?

Otimização de recursos e controle de despesas são resultados de administrar Telecom. Há melhores efeitos se um gestor não divide tempo com outras tarefas ou ao terceirizar a gestão da telecomunicação.

Entenda quais são os 4 lados positivos da administração de Telecom:

1 – Disponibilidade de telecomunicação

A gestão de telecom gera ganhos de funcionalidade. Primeiro, os meios permanecem rápidos e estáveis para acessos em diferentes momentos, com constante monitoramento da disponibilidade.

Em segundo lugar, os gestores estão atentos para resolver anomalias rapidamente, para disponibilizar ao máximo de tempo possível os dados e recursos operacionais.

 2 – Escalabilidade produtiva

A gestão de telecom mantém funcional a infraestrutura. Tal prática estuda possibilidades e assegura que a empresa esteja sempre atualizada nos processos comunicativos. Isso quer dizer menos custos e mais benefícios técnicos para atualizações ou reparos.

3 – Economia de recursos

A gestão de Telecom executa uma série de análises, com auditorias que visam entender os contratos de serviços, buscando negociações que garantem melhores preços ou benefícios técnicos.

4 – Centralização de dados

Os dados de telecom são organizados em databases, conforme eficientes padrões organizacionais. Assim há um ganho de rapidez nos rastreios de informações, para identificar problemas técnicos rapidamente.

Dados centralizados ajudam gestores a encontrarem conteúdos decisivos com agilidade, para deliberações seguras.

Boas práticas para iniciar a gestão de Telecom

Independente se é telecomunicação de voz, dados fixos ou móveis, a gestão de Telecom almeja aprimorar a produtividade com menos dispêndio. Há 6 mandamentos que ajudam para começar essa prática administrativa:

  • Definir um planejamento de gestão com metas, prazos e ações estratégicas;
  • Mapear os processos e equipamentos da infraestrutura de TI: Computadores, aparelhos de telefonia móvel, entre outros;
  • Analisar os planos contratados para descobrir como agregar mais vantagens corporativas;
  • Selecionar um software de gestão Telecom para extrair insights com facilidade;
  • Desenvolver políticas para a organização usar as ferramentas de TI;
  • Acompanhar e implementar as principais tendências de Telecom na infraestrutura da empresa.

Conclusão da melhor gestão de Telecom

Concluindo, a gestão de Telecom é a prática administrativa para otimizar controle de custos e operações da telecomunicação empresarial. O gestor de Telecom aplica tecnologias e técnicas de gestão para alcançar os resultados.

Por fim convém relevar que inexiste uma fórmula padrão para o sucesso na gestão de Telecom.

Para funcionar, um plano administrativo de telecomunicações deve ser muito bem pensado e desenvolvido de modo personalizado, conforme as características individuais de cada negócio.